Crítica de Cinema: o impacto de “Nasce Uma Estrela”

Pensei muito sobre o que exatamente escrever a respeito desse filme. Com todo o burburinho que ele causou nos últimos meses desde sua estreia no cinema, confesso que eu não estava esperando pelo desenvolvimento e pelas resoluções do roteiro.

Antes de tudo: como muitos bem sabem, Nasce Uma Estrela não é um filme inédito, mas um remake de um clássico de 1976 estrelado por Barbra Streisand. Então para muitos, a história vista nas telas não era exatamente uma novidade. Mas quando se junta um galã do porte de Bradley Cooper para estrelar e dirigir um filme ao lado de uma popstar do calibre de Lady Gaga, que assinou toda a trilha-sonora do longa metragem, é óbvio que a histeria coletiva iria se estabelecer. E a formação do casal Ally e Jackson Maine é extremamente agradável de se ver.

A-Star-is-Born
Crédito: Divulgação

A fórmula parece simples: um astro bonitão do folk vai parar em uma casa noturna onde conhece uma cantora amadora, se encanta por sua voz e, além de se envolver profissionalmente com ela e de impulsionar um lugar para ela na indústria, acaba vivendo um romance bem digno de filmes de Hollywood. O problema maior do impacto causado pelo roteiro do filme não é somente os problemas que decorrem dessa relação, mas do timing no qual eles são abordados – principalmente com a questão do colapso de tantos astros do rock.

Primeiramente: vivemos em um tempo onde a fórmula do sucesso já não obedece aos padrões antigos. Antes, artistas do cinema e da música eram um objeto de desejo indiscutível do público. Hoje, essa mesma atenção é dividida entre figuras públicas que fazem sua fama na internet – os ditos “influenciadores digitais”. A própria indústria da música, que sempre teve suas figuras de sucesso relâmpago, hoje parece se apoiar muito mais no sucesso pronto – é esse, inclusive, um dos muitos motivos das brigas do casal do longa, já que ela acaba mudando a fórmula de suas composições para caber na cartilha exigida por um empresário.

Não pretendo dar spoilers a respeito do filme e tampouco desenvolver um texto extremamente longo a respeito dele. Mas a realidade é que, passada essa discussão do mainstream e do impacto negativo que ele gera na vida pessoal dos artistas, existe um debate grande dentro do roteiro a respeito do vício em álcool e drogas e da delicadeza de assuntos ligados à saúde mental. É aquela velha história do ‘gatilho’ em quem passou por situações muito drásticas com o assunto. E eu, literalmente, entrei em choque algumas vezes a ponto de não conseguir esboçar reação dentro do cinema.

Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

No mais: mesmo que a fórmula pareça muito batida, Nasce Uma Estrela é um grande filme. Ele é recheado de ótimas atuações (Gaga me surpreendeu muito), é extremamente bem dirigido, tem um desenvolvimento interessante e não apelativo de roteiro e uma das melhores trilhas-sonoras que eu já ouvi (destaque para Shallow, Always Remember Us This Way, Black Eyes, Maybe It’s Time e I’ll Never Love Again – sendo essa última um verdadeiro tiro no peito). Além disso, Cooper claramente se inspirou em Eddie Vedder para compor seu personagem, e eu como fã desse homem achei que a escala de pontos subiu drasticamente por causa disso.

Vale o ingresso, a reflexão e o play no Spotify.

VAI LÁ
Nasce Uma Estrela
Direção: Bradley Cooper
Elenco: Bradley Cooper, Lady Gaga, Sam Elliot, Andrew Dice Clay, Rafi Gavron, Anthony Ramos, Dave Chappelle, Ron Rifkin e mais
Roteiro: Eric Roth, Will Fetters e Bradley Cooper
História Original: William A, Wellman e Robert Carson
Trilha Sonora: Lady Gaga
Distribuição: Warner Bros
Classificação Final: ♥♥♥♥♥ (Excelente)

 

Advertisements

2 Comments Add yours

  1. Eu acho que sou a unica pessoa no mundo que ainda não assistiu esse filme. Precisooo ver

    1. Camila Honorato says:

      Veja! É lindo e super vale a pena. ♥

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s