Crítica de Cinema: “Antes Que Eu Me Esqueça” mostra sutileza masculina

Filmes nacionais ainda são fortemente amparados por questões sociais, e frequentemente recorrem a protagonistas homens. É comum ver machos carrancudos encabeçando histórias de violência, como visto em Cidade De Deus, Carandiru e Tropa de Elite. No entanto, alguns títulos que menos repercutiram nas bilheterias mostram um lado verdadeiramente humano do gênero, e bebem da fonte…

Crítica de Cinema: o que extrair de “Cinquenta Tons de Liberdade”

Salve, minha gente. Foi nada mais, nada menos do que UM MÊS sem escrever por aqui. Os motivos foram nobres: tirei vinte dias de férias em Portugal. Não totalmente, já que, como jornalista freelancer, tive que cumprir com o protocolo de obrigações enquanto nômade digital – uma experiência super enriquecedora e que me fez rever…

Crítica de Cinema: A importância do filme da “Mulher-Maravilha”

No início da década de 1940, o mundo das histórias em quadrinhos consolidava sua importância em meio às vendas de conflitos de super-heróis másculos e imbatíveis. Eram homens em suas melhores formas, fortes e destemidos, combatendo vilões insanos e guerras terríveis. Em meio a esse contexto, reflexões começaram a surgir. Faltava uma figura que combatesse…

“13 Reasons Why”: o meu por quê

Hesitei muito antes de escrever esse texto. Não por quê acredite que seja um fardo compartilhar minha própria história com as pessoas ou porque acredite que essa parte da minha vida deva ser guardada a sete chaves. Vejam bem: não sou a favor de sempre se pregar que deixar à mostra assuntos de cunho pessoal…

Crítica de Cinema: Natalie Portman mostra sua força como atriz em “Jackie”

Começo esse texto com muitos suspiros em torno da capacidade cênica e da maturidade que Natalie Portman adquiriu com o passar dos anos. Seu potencial nunca foi desconhecido do grande público, mas adquiriu níveis estratosféricos em filmes como Closer – Perto Demais, V de Vingança e Cisne Negro, cujos papeis exigiram uma dramaticidade extrema da…