Crônica: A saga do primeiro vôo internacional

As pessoas reclamam demais. Era o que eu pensava enquanto sentava na cabine do avião e me recostava na poltrona, descascando os esmaltes das unhas e tentando controlar as borboletas no meu estômago. Tentava me manter tranquila diante daquele passo que eu tanto havia sonhado em consquistar. Mas, no meio daquele mar gigantesco de empolgação,…