Crônica: (+18) A vida sexual da mulher tímida

“Deita com calma. Solta mais o corpo e relaxa. Você está muito nervosa”. Eu sentia que minha respiração entrecortada e as pernas bambas em cima da cama eram uma denúncia para o homem na minha frente. Mil coisas se passaram na minha cabeça antes que ele começasse a tirar a minha roupa e a voltar…