Poema: Vó Tereza (o ato de se despedir)

  Ela tinha olhos escuros e gentis Daqueles que te acolhem em dias fechados. Seu sotaque era forte, mesmo depois dos anos passados na cidade grande Com expressões pernambucanas divertindo na ponta da língua. Tinha uma gargalhada espontânea, dessas que papagaios imitam facilmente. Ela tinha mãos e pés pequenos, com unhas curtas sempre bem feitas….