Literatura: Poema de Véspera

Novembro chegou com seus tons de cinza e dourado. Com sua atmosfera de véspera Com seus aromas e cores de festas. Novembro se aproximou rápido. Condecorou a lembrança fria do escritório Da papelada sulfite em cima da mesa Do barulho do teclado batendo ininterruptamente Tendo os prédios do lado de fora para decorar. Novembro relembrou…