Crítica de Cinema: “Antes Que Eu Me Esqueça” mostra sutileza masculina

Filmes nacionais ainda são fortemente amparados por questões sociais, e frequentemente recorrem a protagonistas homens. É comum ver machos carrancudos encabeçando histórias de violência, como visto em Cidade De Deus, Carandiru e Tropa de Elite. No entanto, alguns títulos que menos repercutiram nas bilheterias mostram um lado verdadeiramente humano do gênero, e bebem da fonte…