Memórias de Confinamento #3 – Au Pair

Eram seis horas da manhã quando eu ouvi a porta do teu quarto se abrir. Duas horas antes, eu já estava insone. O bolo na minha garganta – o sinal da minha tensão frequente por ter você sempre em casa – já me deixava em estado de alerta. O medicamento que passei a tomar, sem…

Au Pair: por quê decidi jogar tudo para o alto e embarcar para a Alemanha

Não é de hoje que venho refletindo muito em relação à minha posição profissional, algo que passou por uma busca exaustiva por melhores oportunidades de estudo e carreira. Reflexões, essas, que me trouxeram até aqui, em uma cidade minúscula do interior da Alemanha, respirando o ar puro da natureza, apreciando a luminosidade das ‘golden hours‘…