Poema: “O Suicida”

O mundo é uma bola de neve, gigante e colossal.
Uma bola de neve branca e capaz de engolir uma pessoa inteira.
Capaz de submeter um único ser humano frágil
Em uma parte integrante de suas partículas gélidas e marmóreas.
Partículas de cores que mal se veem à distância.
É apenas um corpo que gruda na bola, é absorvido com a neve.
Vira um pedaço de um vulto branco qualquer
Que se desintegra em flocos minúsculos nos galhos secos das árvores do inverno.

O mundo é uma bola de fogo.
Um extremo oposto do bosque onde bonecos brancos
Se desintegram na frente das crianças.
Aqui, o que se vê é um incêndio destruindo casas
Corrompendo construções inteiras.
O fogo se inicia de uma labareda silenciosa
Para logo se tornar uma poça vermelha e laranja.
Uma lava derretida de um vulcão em erupção
Uma queimadura na carne viva
Onde se ignora que as cinzas regeneram
E tudo o que resta é uma consumação incessante.
Um corpo pecador e inerte que grita e se desintegra
Na fogueira da inquisição.

Por fim, o mundo é uma cidade fantasma.
Um povoado petrificado de Pompeia.
Uma cidade abandonada na Ucrânia.
Um ar tóxico e pesado
Uma flutuação em mares mortos
Reduzido a uma corda no pescoço
Uma cartela de comprimidos
Um corte profundo em uma veia.

Os anjos de Deus se esquecem
Daqueles que arrancam suas vidas.
Pastores e padres argumentam fervorosamente
Com o dedo em riste.
O acalento não chega na forma
De uma asa branca de querubim.
Mas tão somente de uma condenação medieval
Onde nem o final, pintado em quadros renascentistas, é de rendição.

O jovem Werther ignora o beijo cálido como um despertar.
Romeu e Julieta envenenam-se e espetam-se sem saber esperar
Minutos antes da vitória anunciada.

Pois se o choro silencioso fosse acalentado
Por um brilho no olhar de uma pantera selvagem
Sedenta por viver na floresta;
Ou por uma ave de asas abertas
Pronta para alçar voo
Jamais seria concedido a uma fênix reduzir-se ao pó
Sem sua chance de ressurreição.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s