Fugindo do shopping: conheça 5 bons cinemas de rua em São Paulo

Ir no cinema é um programa que sempre cai bem! Faça chuva ou faça sol, ver um filme naquele ambiente aconchegante, com cadeiras em volta, o telão à frente e o escurinho pode ser tanto um programa sofisticado quanto um quebra-galho nos dias que você quer sair com o (a) parceiro (a) e está sem muita grana pra bancar outros lugares. E claro: ver um bom filme em boa companhia nunca é demais!

O problema é que, em uma cidade tão grande quanto São Paulo, tão cheia de shoppings e centros comerciais, fica complicado encontrar salas de cinema que fujam do padrão excessivamente comercial, onde a maior parte das salas destinam-se a estreias de blockbusters. O espaço reservado para o cinema, que fica completamente lotado, hoje é cercado de lojas e praças de alimentação com opções mais do mesmo de redes de fast food. Eu, por exemplo, me considero uma pessoa completamente apaixonada por cinema, mas com todo esse apelo que vem junto das salas de shoppings rola aquele desânimo quando quero assistir um filme em sua estreia e tenho que enfrentar filas e bagunça.

the-artist-film-strip
A atriz Bérénice Bejo em cena do filme “O Artista” | Crédito: Divulgação

De uma certa forma, a proposta de lazer, inicialmente estipulada pelo cinema, encaminhou para o excesso de consumo. No começo, eu confesso que queria deixar de ir em algumas salas por causa da lotação e da má educação que as pessoas ainda insistem em ter, espalhando sujeira por todos os cantos, cuidando mal do espaço utilizado e contribuindo pra deixar a infraestrutura prejudicada, quebrando cadeiras e deixando chicletes grudados embaixo dos bancos. Infelizmente, a conservação dos espaços é uma lição que o brasileiro precisa aprender com urgência e ainda peca muito.

Por outro lado, redescobrir o ambiente acolhedor do cinema de rua, com programações mais variadas, espaços mais aconchegantes e longe do caos do shopping, me motiva mais a sair de casa. Não que eu tenha deixado completamente de ir em alguns lugares (o que é pauta para outro post, sobre os melhores e piores cinemas de shopping em São Paulo, que vamos deixar mais para frente, ok?). Mas o cinema de rua proporciona uma experiência mais rica e verdadeiramente focada na sétima arte – ainda que muitas estruturas possam ser melhoradas e que o povo, de uma forma geral, precise aprender a usar melhor os espaços culturais que lhe são dedicados.

A seguir, confira algumas sugestões de cinema pra fugir do ambiente caótico e aproveitar mais outros lugares bacanas na mesma região, como um barzinho ou um restaurante de qualidade.

1. Kinoplex Itaim

kinoplex-itaim-carlos-merigo-creative-commons
Sala do Kinoplex Itaim, em São Paulo | Crédito: Carlos Merigo/Flickr/Creative Commons

A rede Kinoplex, ainda que não tenha o mesmo apelo de um Cinemark ou um UCI, é bem grande e só tende a crescer daqui pra frente. Apesar de já ocupar alguns espaços em shoppings, a rede conta com uma ótima unidade de rua no bairro do Itaim. Cercada por prédios comerciais, o espaço fica estrategicamente posicionado em meio a restaurantes, bares e redes de fast food, mas sem perder a qualidade das salas e sua beleza. Apesar de exibir grandes blockbusters, o Kinoplex aposta muito em filmes independentes e outros pouco conhecidos pelo grande público em sua grade de programação, o que acaba incentivando as pessoas a procuraram por outros títulos além daqueles exibidos à exaustão por salas mais conhecidas e visitadas.

Endereço: Rua Joaquim Floriano, 462 – Itaim Bibi.

2. Espaço Itaú de Cinema

espaco-itau-de-cinema-divulgacao
Espaço Itaú de Cinema, na Rua Augusta, em São Paulo | Crédito: Divulgação

A rede tem três unidades na capital: nos shoppings Bourbon e Frei Caneca e na Rua Augusta. Nesse último, a infraestrutura conta com luzes diferenciadas na recepção e um ótimo café. Suas poltronas confortáveis se encaixam perfeitamente com a programação variada, onde há espaço para os últimos grandes lançamentos de Hollywood e bons títulos do cinema nacional e estrangeiro. O cinema ainda leva vantagem com sua acessibilidade, com rampas para deficientes físicos, e um bicicletário.

Endereço: Rua Augusta, 1475 – Cerqueira César

3. Reserva Cultural

reserva-cultural-ernani-baraldi-creative-commons
Ambiente do cinema Reserva Cultural, na Avenida Paulista, em São Paulo | Crédito: Hernani Baraldi/Flickr/Creative Commons

Localizado no coração da Avenida Paulista, pertinho do MASP, o cinema se destaca com sua programação diferenciada de filmes estrangeiros e/ou independentes. Se você deseja ver o melhor do cinema francês, por exemplo, aqui é a escolha perfeita! A beleza do local consiste no clima intimista de suas salas que, apesar de compactas, são aconchegantes, e de seu café, com opções variadas e deliciosas (pra fugir do combo pipoca e refrigerante). O lugar ainda conta com uma lojinha charmosa, repleta de títulos raros de livros, filmes, DVDs de música, camisetas e acessórios.

Endereço: Avenida Paulista, 900 – Bela Vista

4. Caixa Belas Artes

Fachada bem paulistana do cinema Caixa Belas Artes, reaberto em 2014 na Rua da Consolação, em São Paulo | Crédito: Divulgação
Fachada bem paulistana do cinema Caixa Belas Artes, reaberto em 2014 na Rua da Consolação, em São Paulo | Crédito: Divulgação

Quem vive na cidade e é apaixonado por cinema de rua, sabe bem como foi o drama de ver o Cine Belas Artes fechar as portas em 2011 depois de nada menos do que 68 anos de funcionamento. Na época, o espaço sofria com a decadência, o descaso da população, aumento de aluguel e encerramento de patrocínios, o que gerou comoção entre os paulistanos. Fechado por três anos, o cinema reabriu em 2014 com a ajuda da Caixa Econômica Federal e, consequentemente, teve seu nome modificado para Caixa Belas Artes. Com salas charmosas, o cinema é conhecido por sua programação, que intercala filmes de arte, estrangeiros, nacionais e independentes fora do circuito tradicional e aclamados pela crítica.

Endereço: Rua da Consolação, 2423 – Consolação. 

5. Cinesala

cinesala-divulgacao
Fachada do Cinesala, em Pinheiros, São Paulo | Crédito: Divulgação

O espaço ocupado pelo Cinesala já atendeu anteriormente a nomes como Cine Flametta, Cinema da Vila e Cine Sabesp, com inauguração e primeiras atividades datadas de 1959. Anos depois, um grande projeto idealizado pelos sócios Adhemar Oliveira, Paulo Velasco, Raí e Rodrigo Makray procurou promover uma grande reforma do lugar com o propósito de retomar os grandes valores do cinema de rua e combinar títulos populares com trabalhos mais autorais de jovens cineastas. Além de tudo isso, o cinema já recebeu dois títulos de destaque: o de cinema mais confortável da cidade, em 2015, e o de cinema com melhor bombonière, em 2016, com uma vasta opção de comida vegana – ambos pela Folha de S. Paulo.

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 361 – Pinheiros. 

E aí, sentiu falta de algum? É de outra cidade e gostaria de sugerir bons cinemas de rua? É só comentar! ♥

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s