Resenha Literária: Biografia de Luiza Brunet é forte e cheia de superações

Escutar o termo “Cinderela Moderna” é, muitas vezes, lembrar de uma pessoa que teve dificuldades extremas na vida e, no final, acabou encontrando a redenção ao lado de um Príncipe Encantado. Com Luiza Brunet, no entanto, a situação não é bem assim. A Cinderela Moderna teve uma infância pobre e difícil, ascendeu no maior estilo princesa contemporânea e foi protagonista de sua própria história. Toda luta, credibilidade e vitória são méritos dela própria. E de mais ninguém.

Modelo de sucesso nos anos 1980, com direito a propagandas internacionais, Luiza esteve recentemente na mira dos holofotes por uma razão que todo mundo preferia que não existisse: a razão torpe da violência doméstica, sempre escondida no manto da covardia e que, muitas vezes, veste um terno bem cortado e tem nome de empresário (nesse caso, o empresário Lírio Parisotto). Hematomas profundos em seus olhos denunciaram a culpa do companheiro e estamparam uma dor física e psicológica de uma mulher que, até hoje, é referência para jovens e maduras quando o assunto é sucesso, profissionalismo e sofisticação. Uma inspiração maravilhosa, por assim dizer.

Faz pouco tempo que li seu longo relato de vida, publicado pelas mãos competentes da jornalista Laura Malin e adquirido durante a Bienal do Livro 2016. Durante  a leitura, devorada em dois dias, não pude deixar de pensar no quão irônico e triste é uma mulher cheia de garra estampar a capa da Revista Claudia, uma das maiores revistas femininas do país, em pleno ano de 2016, como alguém passando por cima da dor de ser o alvo das mãos do próprio companheiro depois de anos presenciando esse horror dentro da própria casa, lutando para libertar sua mãe do casamento com seu pai violento e alcoólatra.

arquivo-pessoal-guy-laroche
Luiza Brunet em seus trabalhos realizados pela grife de Guy Laroche, estilista francês de alta costura | Crédito: Arquivo Pessoal

A biografia de Luiza Brunet tem narrativa ágil, mas que não deixa de apresentar detalhes ricos e impressionantes. Fruto de uma união instável, a modelo denuncia não só a violência, mas também os tristes desdobramentos da vida de sua mãe, até então uma jovem bem criada, que acaba sendo reduzida ao papel de mãe e esposa. Luiza, aliás, faz questão de mostrar que sua infância simples no interior do Mato Grosso tem momentos felizes que, de uma hora para outra, se transformam em passado e em esperança. Seus sonhos de dar uma vida melhor à família, de tornar-se cabeleireira e até modelo em capas de revistas já ganhavam forma.

Sua trajetória, aliás, é composta por muitos momentos difíceis que casam com a realidade de milhares de brasileiras dentro desse nosso país tão enorme. Os pés descalços no chão e na terra, os trabalhos já incansáveis com tão pouca idade, a realidade dura batendo à porta quando sua família foi completamente desfeita depois de tantas agressões e dificuldades, a realidade nada aceitável de jovens meninas trocando as escolas para trabalharem como empregadas domésticas, morando dentro da casa de famílias de classe média e tendo as visitas até suas raízes encolhidas. Luiza, uma jovem de pele morena reluzente, cabelos escuros e olhos puxados (a perfeita combinação de sua ascendência indígena) foi alvo de tudo isso. Também foi vítima de abusos sexuais e percorreu um longo caminho até encontrar uma oportunidade em um casamento com um homem rico.

É importante ressaltar, no entanto, que esse não é e nunca será o foco principal de sua trajetória. Ser descoberta como modelo e ver nas lentes das câmeras um conforto puro, tornando-as suas melhores amigas, foi um fato que ela descobriu sozinha. A menina que sonhava com as revistas das bancas de jornal logo tornaria a ser uma das figuras que tanto admirava. De jovem pobre a modelo da marca Dijon, de menina sonhadora a modelo de prestígio internacional, de mulher em poses fotográficas a mãe empresária, que passou por cima dos preconceitos, construiu sua própria família e carreira de uma forma admirável.

luiza-brunet-por-bruce-weber
Luiza Brunet em uma das mais belas e icônicas fotos de sua carreira | Crédito: Bruce Weber

Tudo isso contribui para tornar a leitura leve e rápida, além de impulsionar a curiosidade do leitor por diversos episódios de sua vida, tais como uma curta experiência homossexual (que põe fogo nos debates sobre a falta de linearidade e rótulos na sexualidade humana), os abortos que fez (mostrando os desdobramentos de sua consciência, de sua decisão firme e até das consequências psicológicas e sociais de interromper duas gestações, o que choca os mais conservadores) e, por fim, os detalhes de sua carreira gloriosa.

A personagem em questão mostra que a carreira como modelo não foi calcada em histórias absurdas de sexo, drogas e um rock and roll que vão além das músicas das grandes biografias e se estendem a atitudes. Ela sempre se mostrou uma pessoa extremamente focada em alcançar seus objetivos, sem colecionar histórias desse tipo. E, não por isso, tornando-se uma figura menos interessante de ler e desvendar. Aliás, muito pelo contrário: essa mulher é cheia de encantos e desperta a curiosidade de qualquer um sem precisar de grandes extremos.

credito-revista-caras
Luiza Brunet hoje: sempre linda e símbolo de sucesso | Crédito: Revista Caras

Ler Luiza Brunet é como trazer à tona uma figura inspiradora em todos os aspectos cruciais da vida da mulher. É ler sobre uma pessoa acessível e se identificar não somente com sua figura poderosa, mas também com uma história que fala a tantas mulheres desse nosso Brasil.

VAI LÁ
Biografia: Luiza Brunet, de Laura Malin.
Preço: aproximadamente R$ 25.
Editora: Sextante
Classificação Final: ♥♥♥ (Bom).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s