Crônica: O poder do feminino

A alma feminina tem belas camadas.
Ela é essencialmente intuitiva, grandiosa, forte, delicada, sensível, protetora e poderosa.

Por décadas, tentam aprisionar essa alma. Domá-la. Submetê-las a dores, traumas, grades de ferro e sufocamento.
Tentam arrastar a essência divertida e poderosa da mulher para uma submissão humilhante.
Sugar-lhe as energias, corromper-lhe o sexo e submetê-la a vontades que não lhe apetecem saciar.

Há séculos, tentam acuar uma energia vital e essencial para o equilíbrio da vida.
Tornam as falas, emoções e sensibilidades características em algo mundano, desprezível, cômico e sem grandes significados.
A mulher, antes pura e confortável em sua essência, adota energias masculinas que não lhe são próprias. E sentem-se incompletas sem a profundidade daquilo que as alimenta. Daquilo que sacia suas almas.
A mulher sente-se inferiorizada. Ou é forçada a sentir-se dessa forma para alimentar as agruras monstruosas do patriarcado.

São os tempos da transição. De retomar a conexão com o “eu” intuitivo, de uma força transcendental e criativa.
É tempo de a alma feminina recobrar sua natureza artística, que chama em seu âmago.
De recobrar os domínios de sua dança, de sua música, de suas palavras, de sua escrita.
De se conectar com o próprio prazer, o próprio gozo. De não tornar tabu o sangue que lhe escorre pelas pernas durante a menstruação. De não se envergonhar de seus cheiros.

É chegada a hora de acalentar-se. De respeitar seus momentos a sós consigo mesma. De respeitar seus momentos de interiorizar. As horas de introspecção e os momentos emotivos.
É chegada a hora de olhar para as florestas de onde nascemos. De caminhar com os lobos que habitam os bosques. De cantar na clareira para o despertar.

É hora de mergulhar no “rio abaixo do rio”*.
E de não deixar essa força vital se esvair.

*Referência às pesquisas e à narrativa de Clarissa Pinkola Estés, em “Mulheres Que Correm Com Os Lobos”. 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s