Roteiro Gastronômico: La Peruana Cevichería

Faz calor em São Paulo e não é pouco não! É óbvio que todo paulistano adora sair pra tomar cerveja ou comer uma boa pizza (até mesmo em casa). Mas nesses dias de sol escaldante (e chuvas torrenciais), vale a pena fazer uma pausa pra comer alguma coisa fresquinha.

Conheci o La Peruana quando ele funcionava em um espaço dedicado a food trucks no Butantã, o extinto Butantã Food Park (hoje em dia, os profissionais ficam no Centro da cidade). Minha primeira impressão foi das melhores: ceviche bem preparado, atendimento alegre e bem feito. Fiquei triste quando descobri que aquele espaço cheio de comidas boas do bairro fechou e achei que ia ter que me deslocar bastante até conseguir provar aqueles pratos de novo (confesso que não sou muito fã do Centro da cidade, PASMEM).

Daí a chef peruana fofa Marisabel Woodman realizou o sonho maravilhoso dela e salvou vidas, como a dessa paulistana gulosa que vos fala: abriu um restaurante fixo na região dos Jardins, na Zona Sul. Recorri a ele pra me refrescar em uma noite abafada com meu boy magia, porque olha: nessa época do ano, a cidade tá é de brincadeira.

Minha impressão foi a melhor possível. Primeiro porque o ambiente é alegre, tem uma atmosfera que te faz sorrir bem típicas dos latinos. Segundo porque os atendentes são uns amores de pessoa e fazem de tudo pra que você se sinta confortável. Como eu sentei na bancada, fiquei conversando com um dos garçons/cozinheiros que preparava coquetéis e comidinhas pros clientes – e ele me explicou com todo orgulho do mundo o que era cada bebida e prato diferente. Terceiro porque a comida (MEU DEUS, QUE COMIDA!) é uma coisa linda de Deus. Sério: eu poderia viver de ceviche. Ainda mais com as opções diferentes que eles apresentam.

IMG_20151218_215344426
O ceviche La Peruana, que leva camarões e lulas fritinhas / Foto: Camila Honorato

São dez opções do prato mais conhecido do Peru, com os tradicionais peixes brancos ou, ainda, frutos do mar e atum. Posso falar com propriedade de quatro deles, porque nesse dia eu e meu namorado enfiamos o pé na jaca e escolhemos dois cada um – isso porque um prato é bem servido e a gente saiu meio que rolando de lá. Mas enfim, são eles: o clássico (com quenelle de batata doce), o La Peruana (servido com camarão e lulas fritinhas), o Mar y Tierra (com leite de tigre e quinoa) e o Nikkei (com leite de tigre, óleo de gergelim e fios de batata doce crocantes). Todos muito bons.

O cardápio, no entanto, vai muito além do ceviche. Tem várias opções de pratos quentes, com carne ou frutos do mar, e entradinhas bem atrativas. Descobri que a comida peruana tem uma coisa bem bacana chamada “causas”, que são batatas frias e temperadas com limão, acompanhadas de delícias como camarão e polvo. De bebida, eu indico a tradicional chicha morada, uma bebida refrescante à base de milho roxo e especiarias, ou um chá gelado de melissa com maracujá. Se você tá na pegada das bebidas alcoólicas, prove uma das opções de pisco, feito com aguardente de uva.

Sim, gente, a América do Sul é puro amor e tem muita coisa bacana pra gente conhecer – inclusive na rica gastronomia!

VAI LÁ:
La Peruana Cevichería
Endereço: Alameda Campinas, 1357 – Jardim Paulista
Faixa de Preço: Entre R$ 50 e R$ 70 por pessoa
Classificação: ♥♥♥♥♥ (Excelente).
Site: http://restaurante.laperuana.com.br

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s